Tartine em Curitiba: muito mais que um buffet

IMG_3609Eu sou um exímio chato para almoço, confesso. Gosto de comer bem e em bons lugares. E não, isso não quer dizer que você precise gastar muito dinheiro para isso. Neste quesito, os buffets são alvos constantes. Afinal, eles apresentam a facilidade de estar perto de você e por vezes o preço acompanha o ambiente. Pessoalmente, detesto buffet.

Mas, a convite do amigo Boby Vendramin, fui dar uma chance ao Tartine, um “dito” buffet da Praça da Espanha. Dito, porque ele é muito mais que isso. O ambiente é fantástico, a comida é fantástica, o salpicão deve ter sido feito pelo próprio Gordon Ramsay.

Me sinto até meio mal ao escrever este texto, não tenho críticas a fazer. Hoje me deparei com uma repleta mesa de saladas que atende a todos os gostos. Em ambiente separado encontramos os chamados pratos quentes. Em um terceiro espaço, temos diversas massa que são preparadas na hora com o molho da sua escolha. Como era quarta, um buffet de feijoada para os paladares mais exigentes, e por fim, sim, ainda tem mais, um grelha em que as carnes são preparadas a sua encomenda. Não precisava. As carnes estão disponíveis também no buffet de pratos quentes e eles já são um brinde ao seu paladar.

O ambiente é todo climatizado, a vista é linda, o atendimento dos garçons e do maitre são impecáveis. Na chegada, ainda está a sua disposição um serviço de vallet, mas, se quiser economizar os R$10 cobrados, sempre há vaga na rua, como você terá comprar o Estar por R$3 dos flanelinhas, economizará R$7.

Vamos ao resumo final:

Atendimento: 10
Ambiente: 10
Variedade : 10
Gostosura: 10
Preço: 8

Média final: 9.6

Veja algumas fotos do ambiente

IMG_3603 IMG_3604 IMG_3605 IMG_3607 IMG_3608 IMG_3602 IMG_3606

Advertisements

Sobre Restaurante Chinês Malibu

Captura de Tela 2013-08-27 às 15.44.36Esse restaurante eu já havia visitado anteriormente e odiado, mas como prometi aqui no blog que iria “perdoar” todos os meus “desafetos” do passado, lá fui eu novamente, e olha… grata surpresa.  Primeiro, a entrada é agradável, tem uma espécie de fonte, tem tartarugas, de verdade,  e uma espécie de passarela. Ao adentrar o restaurante você já encontra um bonito buffet de comida japonesa  e comida trivial. Primeiro ponto negativo é o estado das bandejas que estão bastante deteriorados, limpinho, mas deteriorado.

No buffet uma variedade bastante agradável, tanto de comida oriental quanto de comida “brasileira”, tudo quentinho e com tempero razoável. Nas bebidas sucos naturais e os principais refrigerantes estão a disposição dos clientes.

O espaço para comer é gigante e as mesas bastante espaçadas. Quando o sol brilha o local é bastante agradável. O preço é super honesto. O ponto curioso é que no caixa você ainda pode fazer umas comprinhas de perfume que estão dispostos em uma pequena vitrine.

Vamos ao resumo final:

Atendimento: 8
Ambiente: 8
Variedade : 8
Gostosura: 8
Preço: 8

Média Geral: 8

Serviço
Rua Marcelino Champagnat, 31 – Mercês, Curitiba
R. Profa. Rosa Saporski – Mercês – Curitiba , PR

buffet

vitrine

espcao

preço

Sobre Restaurante Apetittus Self Service

apetittusNão se deixe intimidar pelo nome, Self Service, trata-se de um buffet absolutamente normal. O Apetittus Self Service fica localizado no bairro Mercês em Curitiba.  O buffet é maior dos que tradicionalmente vemos nos diversos restaurantes mas peca na variedade de pratos. Por exemplo, tem 3 panelas de arroz, uma de arroz branco convencional, outra de arroz com salsa e outra de com ervilha, assim um buffet que parece grande torna-se ao mesmo tempo pequeno.

O local é razoavelmente grande, porém o número de mesas o torna muito apertado, se puder evitar o horário pico entre 12h e 12h20 você vai almoçar sem nenhum tipo de dificuldade para encontrar lugar para se sentar ou até mesmo fugir das várias mesas que são  “atingidas” pelo som através das janelas sem nenhum tipo de cortina. Apesar disso tudo é um restaurante que supre bem a sua refeição do dia a dia, a limpeza do local é adequada.

Algo peculiar é a presença de um microondas a disposição dos clientes para que eles possam esquentar seus pratos quando acharem necessário.

Vamos ao resumo final

Atendimento: 5 (pela falta dele)
Ambiente: 6
Variedade : 6
Gostosura: 8
Preço: 8

Média Geral: 6,6

Serviço
R. Profa. Rosa Saporski – Mercês – Curitiba , PR

Buffet do Apetittus

Buffet do Apetittus

Sobre Tribo das Frutas

20130816-132126.jpgHoje o clima pediu sopa, e lá fomos nós a Tribo das Frutas em Curitiba. Sim, apesar do nome trata-se de um restaurante com Buffet normal, buffet de sopa e a la carte.

Chegando, fomos abordados por uma senhorinha para lá de simpática, se é a dona ou trabalha lá, não sei. Fato é que tinha todas as informações de pratos e preços.

O buffet tinha poucas opções mas o buffet de sopa tinha 7 tipos diferentes, todas muito boas.

O atendimento, tirando o da senhorinha, foi bem ruinzinho. Nada de sorriso simpático e quando você for pedir bebidas seja rápido ou ela te deixa falando sozinho, aconteceu comigo.

Vamos a média geral
Atendimento: 5
Ambiente: 9
Variedade : 6
Gostosura: 6
Preço: 5

Média Geral: 6,2

Serviço:
Av. Vicente Machado, 1965 – Batel, Curitiba – PR

Sobre Casa da Mãe Joana Gastronomia

casa-da-mae-joanaA pedida do último sábado foi “feijoada”, e o local que eu queria visitar faz tempinho é a Casa da Mãe Joana Gastronomia em Curitiba. Você deve lembrar dela já que recentemente o chef foi até o restaurante do Alex Atala, aquele super hiper famoso chef do mundo e que ferrou Belo Horizonte no sorteio da Copa das Confederações, mas isso é outra história.

Enfim, vamos ao feijão, chegamos e a casa é super aconchegante, parece que você chegou na casa interiorana da sua avó, que neste caso deve se chamar “Joana”, enfim, chegamos e ficamos frustrados porque o tempo ameaçava chover e ficamos receosos em ir nas mesas do lado de fora com quintal, é lindo, recomendo.

Pedimos a famosa feijoada e batatas especiais para acompanhar, aqui, falha minha, não lembro do nome da batata, sorry, mas era ótima. Ela serviu para embalar a conversa, desconto um ponto pelo preconceito contra o suco natural de laranja que a casa não serve.

A feijoada levou cerca de 15 minutos para chegar, pareceu bem menos, veio abundante, o feijão tinha muita carne e junto todos os complementos esperados em uma feijoada somados a um pote gigantesco de torresminho.  Bacana que é livre, ou seja, vai acabando e eles vão repondo. Ótimo.

O atendimento é personalizado, eles não te abandonam na mesa. Você estranhar os pratos “diferentes” dando ainda mais o clima de “casa de vó”.

Enfim, recomendo muito o local.

Vamos ao resumo final:

Atendimento: 9,5
Ambiente: 9,5
Variedade no cardápio: 9 (perdeu 0.5 pela falta de suco de laranja e água tônica diet)
Gostosura: 9,8
Preço: 9

Média Geral: 9,36

Serviço:
R. Jerônimo Durski, 1010 – Bigorrilho, Curitiba – PR, 80730-290
Telefone:(41) 3092-2322

feijoada

Feijoada da Casa da Mãe Joana em Curitiba

Sobre Spazio di Pasta

foto 1Hoje a pedida foi massa e resolvemos uma pedida fora do tradicional Spaghetto, assim fomos até a Praça Osório e na galeria Osório encontramos a Spazio di Pasta. O restaurante que trabalha com todo tipo de massa está no local há mais ou menos 4 anos, sempre tem fila lá, maiores ou menores mas sempre tem. Como funciona, você chega escolhe a massa, inteira ou meia, escolhe se quer manteiga ou óleo e tem direito de escolher 4 complementos, tem os tradicionais mais pobres, e por fim o molho.

A dica é, a “meia porção” é gigante, na foto abaixo o exemplo.

Pontos negativos para o número de complementos que poderia ser bem maior, a falta de bebidas naturais e por fim as filas que testam a paciência de quem quer saborear as massas. O valor é justo e o sabor é  muito bom, vale a pena.

Vamos ao resumo final:

Atendimento: 7
Ambiente:  5 (a galeria tem problemas na entrada e na saída e vez ou outra é invadida com odores desagradáveis)
Variedade no cardápio: 8
“gostosura”:  8
Preço: 8

Média Geral: 7,2

Serviço
Galeria General Osório – loja 32
Praça Osório,333 – Curitiba – PR

Meia porção

Meia porção

Sobre Beto Batata do Shopping Barigui em Curitiba

foto 1

Parte boa, a Amely, personagem da Pry Vieira

Sexta-feira, dia de experimentar novos sabores. Lá fomos nós ao Beto Batata do Shopping Barigui com expectativa alta. Diferente do que você possa estar pensando, não pedimos a tradicional batata suiça, pedimos o “prato do dia” , mas calma…

Ao entrarmos no restaurante, a primeira decepção: chegamos e nada, ninguém nos recebendo, nenhum sorriso, nada. Atrás do balcão duas pessoas: uma preocupada com os lances do jogo do Coxa que passava na tv, outra preocupada com o dinheiro do caixa, com o cliente não encontramos ninguém. Sentamos e aguardamos exatamente 4min14seg até que alguém viesse até nossa mesa perguntar o que queríamos.

Atendimento protocolar, sem mais nem menos, olá aqui está o cardápio, o que vocês querem pedir!? Simples assim. Escolhemos a oferta do dia, “Vaca Atolada”. Pedido feito, aguardamos pouco mais de 5 minutos até que trouxessem nosso pedido. Nova decepção: Ao atolar, sobrou apenas a gordura da vaca. Sem sal, arroz frio, “salada” com apenas uma folha e nada mais!

Comemos até dar um “engana bobo” no estômago, levantamos e saímos. Na saída, conta, valor, cartão, não precisa do meu comprovante, tchau. O preço não é ruim por si só, mas torna-se caro pela qualidade da comida e do atendimento.

Vamos ao resumo final:

Atendimento: 4
Ambiente: 8
Variedade no cardápio: 5
“gostosura”: 4
Preço: 8

Média Geral: 5,8

Serviço
Telefone: (41) 3317-6969
Endereço: Rua Pedro V. P. de Souza, 600 – Mossunguê – Curitiba

 

Sobre Churrascaria Batuíra em Curitiba

Batuíra5Resolvi dar uma diversificada nos comentários de restaurantes e ir em busca de uma boa carne, no bom sentido, é claro. Fomos até a Batuíra, uma das mais tradicionais churrascarias a la carte de Curitiba. Ela é famosa por sua alcatra e foi esta a nossa pedida.

O ambiente é muito bom, aliás não muda há muito tempo. O atendimento não é grosseiro mas está bem longe de ser cortês. O nosso garçom, que aliás não muda há muito tempo também, vem perguntar o que você quer olhando para o teto e vai embora.

No caixa, uma menina que ao menos no que parece estava começando hoje, não tinha domínio algum na ferramenta. Perdoável, porque não havia nenhuma fila.

A comida é ótima, e vem bem rapidinho, se você sentar no salão “da rua” pode ter uma vista da churrasqueira e acompanhar o preparo da sua carne. Mas se você estiver em busca de uma opção sem gastar muito, a Batuíra não é o que você procura. Os pratos mais baratos partem de R$ 26 para uma pessoa + 10%.

Vamos ao resumo final:

Atendimento: 7
Ambiente: 8
Variedade no cardápio: 6
Preço: 6

Média Geral: 6,7

Serviço:
Churrascaria Batuíra
Alameda Prudente de Morais, 64 – Mercês, Curitiba – PR,
Fone: 3092-4891

Batuíra3

Cardápio com alguns preços

Batauíra4

Carne de onça grátis

Batuíra2

“janela” da churrasqueira

Sobre Persian Restaurante Iraniano em Curitiba

persian 1Sempre que visitar um novo restaurante não se deixe levar pela aparência externa do lugar, essa é uma importante lição que o Persian Restaurante de Curitiba nos ensina. A parte externa do restaurante é horrível, faixas mal colocadas e mal feitas, calçadas mal cuidadas e fachada do local não é nem um pouco chamativa, mas fica o convite, entre.

O restaurante funciona no sistema de buffet com comida iraniana, pratos típicos da região como Kebab, Ghormeh Sabzi, Gheimeh, Baghali estão a disposição dos fregueses junto com pratos  “normais” de buffet como saladas, arroz, feijão e carne.

O ambiente interno é ótimo, os proprietários que atendem são sempre solícitos, se bem que nem sempre é fácil entender o que eles estão falando devido ao sotaque. Ponto negativo vai para a falta de sucos naturais, são oferecidas somente bebidas industrializadas. Na saída, tome um gostoso chá iraniano ou apele para o tradicional cafezinho.

Vamos ao resumo final:

Atendimento: 8,5
Ambiente: 7,5
Variedade no cardápio: 8
Preço: 8

Média Geral: 8

Serviço:
Persian Restaurante Iraniano
Rua Jacarezinho, 809 (próximo a torre da Telepar) Curitiba.
Telefone: 3527 – 4810

persian 5

Na saída chá ou café

persian 4

Detalhe do talher

meu prato, custou R$ 9,80

meu prato, custou R$ 9,80

Sobre Outback Shopping Barigui em Curitiba

ImagePara dar um “up” aqui no blog resolvi dar uma chegada no Outback do Shopping Barigui aqui em Curitiba. Aliás, só vou no Outback na segunda-feira (não todas, claro), porque não suporto filas e na segunda elas não existem.

Chegando, fomos extremamente bem atendidos tanto pela recepcionista, encaminhados a mesa e lá chegando continuamos sendo atendidos com excelência pela “garçonete” de salão.

Primeira decepção: Não tinha a famosa cebola do Outback. Como assim não tem cebola? Segundo fomos informados as cebolas não crescem no inverno e por isso eles deixaram de vende-la, apesar de continuar constando no cardápio.

A comida continua ótima apesar de extremamente demorada. Estávamos em uma mesa com 5 pessoas e pedimos um aperitivo e dois pratos. O aperitivo, um frango, chegou em 22 minutos, os pratos em 37. Ok, é um ambiente descontraído, as pessoas gostam de conversar, mas ainda assim é um restaurante e 37 minutos do meu dia é muito tempo.
Outro ponto que poderia melhorar é, apesar da demora disseram que não poderiam colocar outro “pãozinho” na mesa pois “era um por mesa”.

Quanto as bebidas a “garçonete” estava sempre atenta ao final do copo para repo-lo, no Outback o sistema é refil, ou seja, por pouco mais de 9 reais você bebe refri e chás enquanto aguentar.

Vamos ao resumo final:

Atendimento: 10
Comida: 8 (perdeu 2 pontos pela demora)
Ambiente: 9
Variedade no cardápio: 7 (iria ganhar 9 mas perdeu 2 pela falta da cebola)

Média Geral: 8.5

Serviço:
Endereço
R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 600 – ParkShopping Barigui
Telefone
(041) 3317-6738

Horário de funcionamento
Segunda a Quinta: Das 12h às 15h e das 18h às 23h.
Sexta: Das 12h às 15h e das 18h à 0h.
Sábado: Das 12h à 0h.
Domingos e Feriados: Das 12h às 22h30

Image

Cebola segue no cardápio apesar de não estar sendo vendida

Image

Sistema de refil